Bodas de Madeira

Em homenagem os cinco anos de casamento de Gisele Bundchen e Tom Brady, vamos falar sobre as Bodas de Madeira!

O QUE REPRESENTA A MADEIRA?

A madeira tem uma simbologia muito forte em várias culturas. Ainda mais pensando nela como árvore, afinal florestas são consideradas reservatórios de vida, força e sabedoria!

Há anos que a madeira faz parte de nosso cotidiano, especialmente em nossas casas, móveis, etc. Ela simboliza aconchego, calor, energia sexual e criatividade. Além de tudo a madeira é um de nossos recursos naturais mais preciosos. Ela representa força, solidez e talvez seja por isso que o quinto aniversário de casamento seja um marco na vida de um casal. Afinal, durante esse período, a relação entre marido e mulher é, sem dúvida, mas sólida e forte!

gi

Bodas de Papel

coracao_de_papel

Ontem fiz 1 ano de casada… Bodas de Papel.  E por isso resolvi pesquisar sobre o significado disso, sobre as comemorações e etc. Afinal o dia do casamento é uma data singular, que ficará para sempre gravada na memória e no calendário do casal. E a comemoração não pode passar em branco, deve ser comemorada com muita alegria!

Tudo fica mais fácil quando entendemos o significado do que estamos celebrando, não é?

O primeiro ano é um período de conhecimento, descobertas e ajustes. O papel representa o início de tudo, quando literalmente os projetos saem do papel e ganham vida, além de significar a fase de escrever uma nova história, desta vez, a dois. Muitos casais definem o primeiro ano como a validação do compromisso firmado e assinado no dia do casamento. O papel é um material frágil e transitório e, por isso, foi associado à  recém-constituída relação entre marido e mulher.

Pesquisei muito e descobri que os mais frequentes tipos de comemoração. Alguns preferem comemorar com os padrinhos e familiares mais próximos, com uma reunião animada e romântica.

Outros optam por comemorar a dois, uma opção ais romântica e ousada. O casal pode escolher festejar com um jantar em um bom restaurante ou então fazer uma receita especial em casa, e deve deixar o jantar com um clima diferenciado, à luz de velas, com música ambiente, acompanhado de um bom vinho ou espumante.

Alguns casais escolhem viajar, passar o fim de semana fora. Ou em alguma cidade significativa, ou no hotel da noite de núpcias. Uma ideia muito legal é refazer os votos um para o outro, o que irá trazer de volta toda a emoção vivida no grande dia.

Vi também que muitos querem presentear com algo que simbolize o papel, selecionei algumas sugestões:

Fotos: um lindo porta retrato ou um fotobook com imagens de momentos marcantes do casal durante esse primeiro ano!

Livros: livro sempre parece uma opção sem graça, mas não é! E, além disso, você pode tentar conseguir uma cópia autografada, ou uma tiragem especial.

Material de papelaria personalizado: que tal usar o monograma do casamento para fazer uma material de papelaria personalizado com bloquinhos, cartões e etc.

Passagem de avião: que tal uma viagem surpresa, você escolhe um destino importante para o casal e presenteia com a passagem!

A verdade é que não importa a forma como vocês irão comemorar, o que realmente faz a diferença é manter a chama do amor acesa e não deixar passar em branco essa data tão importante. Será o primeiro de muitos!!!

O que nunca sai de moda

Mesmo com tantas novidades e tendências que surgem todos os anos no mercado de casamento, tem algumas coisas que nunca saem de moda! Geralmente são coisas tradicionais, que carregam um grande valor simbólico e emocional!

Separei algumas dessas coisas:

 Marcha nupcial

Ela deixa a entrada da noiva ainda mais emocionante. Claro que independente da trilha sonora, é difícil segurar as lágrimas vendo noiva caminhar ate o altar, mas a Marcha Nupcial, de Mendelssohn, causa aquele impacto imediato.

1

Nome das solteiras na barra do vestido

É aquele tipo de coisa que as pessoas já esperam ver. Certamente suas amigas mais chegadas irão levantar a barra do seu vestido para tentar ver se os nomes estão lá. Reza a lenda que a prática ajuda as solteiras a casar. Se da resultado, eu não sei, mas é certo que a atitude deixará suas amigas ainda  muito felizes.

2 3

Amêndoas e bem-casados

Eles não são simples doces. Segundo a tradição, os noivos devem oferecer cinco amêndoas a cada convidado, que representam fertilidade, longevidade, saúde, riqueza e felicidade ao novo casal. Além de deliciosas são uma bela lembrança da festa e podem ganhar embalagens modernas, como caixinhas de prata ou vir em clássicos saquinhos de organza. O bem-casado representa a união de duas vidas e é difícil encontrar um casamento que não tenha estes doces no fim da festa.

4 5

Daminhas e pajens

Crianças enobrecem e trazem alegria ao casamento. Elas são espontânea e muito fofas. Além de ser muito lindo o significado de ter damas de honra.

6 7

Primeira dança do casal

É um momento aguardado!. Além de marcar a entrada dos noivos,e a apresentação do casal para a sociedade.Aa primeira dança rende fotos lindas, que serão recordações inesquecíveis da data.

8 9

 

A simbologia das alianças

Algumas pessoas trocam e usam as alianças e nem imaginam a história que existe por trás dessa tradição, não é mesmo? Então vamos entender melhor essa tradição!

As alianças são um símbolo de compromisso, de um amor forte e marcante. Uma jóia para eternizar um sentimento e a ligação entre o casal.

Elas são reconhecidas no mundo inteiro, como uma indicação de fidelidade a alguém. Toda pessoa que usa uma aliança está ligada a outra. É um elo. Ela modifica a maneira como as pessoas interagem com você.

O seu significado é de amor permanente, um círculo sem início ou fim, uma alusão à eternidade.

Pesquisei sobre as crenças em torno das alianças e descobri algumas explicações diferentes. Existem muitas versões para o uso da aliança como símbolo de compromisso, mas nenhuma foi realmente comprovada.

Os egípcios acreditavam que nesse dedo (anelar) existe uma veia que está ligada diretamente ao coração. Então, a aliança colocada sobre essa veia estaria também ligada ao símbolo do amor e próximo do coração.

Quando os gregos descobriram o magnetismo, essa simbologia ganhou força, pois passaram a usar nele um anel de ferro imantado, para que os corações permanecessem para sempre atraídos um pelo outro. Entre os gregos, o anel usado para garantir uma união matrimonial ganhou o nome de “diatheke”(que, traduzido ao pé da letra,significa “relação mútua”).

Na Inglaterra medieval, a noiva usava inicialmente a aliança no dedo polegar e no casamento o noivo ia mudando a aliança de dedo, enquanto recitava “Em nome do pai, do Filho e do Espírito Santo”. A cada menção, um dedo. Assim, do polegar chegava ao anelar e aí permanecia para sempre.

Outra versão é a de que o dedo anelar da mão esquerda é o menos utilizado de todos os dez dedos. Dessa forma, a aliança ali corria menos riscos e estava mais protegida como também o amor do casal.

Já o anel de noivado foi introduzido no ano 860, por decreto do papa Nicolau I (858-867), que o instituiu como uma afirmação pública obrigatória da intenção dos noivos. “A aliança passa da mão direita para a mão esquerda para representar a aproximação do compromisso definitivo. Do lado esquerdo, ela fica mais próxima do coração”, afirma o padre Eduardo Coelho, da arquidiocese de São Paulo.

 

Tradições e superstições

Sabe aquelas de tradições e superstições de casamento que todo mundo segue, mas não entende bem qual o sentido real delas? Então, hoje vou explicar algumas para vocês!

Melhor mês para casar

No Brasil o mês mais tradicional é maio, o mês das noivas, mas isso foi a Igreja Católica instituiu. Maio é o mês da consagração da Virgem Maria.

No Japão a tradição é casar em Junho, mas Setembro vem sendo cada vez mais procurado pela primavera e pelo outono no hemisfério norte. Estações amenas são sempre bem vindas, além de proporcionar um cenário lindo!

 

Jogar arroz nos noivos

Essa tradição veio da China há mais de 2 mil anos e simboliza prosperidade.

 

Aliança

O termo aliança vem do hebraico e significa compromisso. O anel é um elo sem começo meio e fim por isso representa o amor eterno. Além disso, as duas alianças juntas formam um 8 o símbolo do infinito. No esoterismo acredita-se que quando você coloca  um anel no dedo de outra pessoa, aceita o outro como um tesouro exclusivo.

Vestido de noiva

Antes da rainha Vitória nenhuma noiva usava branco no casamento. Não tinha uma regra de cor, mas o vermelho era bastante popular por representar “sangue novo”. O branco como todo mundo sabe representa a pureza e a castidade. 

 

Buquê

Nasceu na Grécia como um amuleto contra mau-olhado, costumavam até colocar alho no arranjo.

 

Grinalda

Grinalda simboliza riqueza.

 

Véu

Em árabe véu significa o que separa duas coisas. Ou seja, simboliza o rompimento da vida de solteira para entrar na vida de casada e esposa.

Something old, something new
Something borrowed, something blue
And a silver sixpence in her shoe.

A frase vem de um poema e significa “Algo velho, algo novo, Algo emprestado, algo azul E um sixpence de prata em seu sapato.” Vamos aos por partes.

Something old

Quer dizer que, apesar de a noiva estar começando uma vida nova, os laços com sua família e seu passado não serão quebrados. Representa a tradição da família e os valores a serem passados para as próximas gerações. Pode ser uma jóia sua ou que foi da sua avó, mãe  etc.

Something new

Mostra a esperança em tudo que vem pela frente, para a nova vida.

Something borrowed

Deve ser alguma coisa emprestada de alguém que tem um casamento feliz para transmitir bons fluídos para o casamento. Acredita-se que a noiva vai ter tanta sorte no casamento e vai ser tão feliz quanto a pessoa que emprestou. Ele significa também que a noiva não pode esquecer que sempre pode contar com sua família e seus amigos.

Something blue

Alguns dizem que o costume de usar alguma coisa azul em um casamento vem desde a Roma antiga, quando as noivas usavam a cor pra representar amor, modéstia e fidelidade.  Outros dizem que é por causa do manto da Virgem Maria. Tem também o provérbio “marry in blue, love be true” – case-se de azul e seu amor será verdadeiro. Além disso, dizem que serve para anular a inveja das solteiras.

 Silver sixpence

 A sixpence é uma moeda em prata que foi cunhada na Grã-Bretanha 1551-1967. E representa riqueza e segurança financeira. Me parece que  o costume vem da Escócia, onde os noivos colocam uma moeda de prata no sapato pra garantir a boa sorte.

 

Noiva do lado esquerdo do noivo

Na Idade Média, a noiva passou a se posicionar do lado esquerdo do noivo porque se alguém tentasse roubar a donzela o noivo podia rapidamente sacar sua espada com o braço direito. Dizem que também representa afastar o risco da infidelidade.

 

O noivo não poder ver a noiva vestida antes do casamento
É uma tradição milenar praticada por quase todos os povos. Em alguns países árabes, o casamento (especialmente dos muçulmanos), ainda hoje é celebrado entre o pretendente e o pai da noiva (esta aguarda em outra sala). Somente depois de o casamento ser celebrado pelos homens, a noiva se encontra com o futuro marido. A tradição também ensina que o homem não deve tocar em nenhum pertence da noiva para não quebrar o encanto do matrimônio. Pode-se tocar apenas em objetos de vidro e ouro.

Noivo carregar a noiva no colo

Este costume é oriental. Acredita-se que os gênios ruins (que atacam apenas as mulheres) ficam a espera da noiva na porta do quarto nupcial. O marido protege a esposa carregando-a, para evitar que ela “pise” em algo ruim.

 

Lua-de-mel

O povo germânico costumavam realizar os casamentos na Lua Nova. Durante a cerimônia os noivos bebiam água com mel para dar boa sorte.

Em Roma os convidados pingavam gotas de mel na porta da casa dos noivos para desejar uma “vida doce”.

E o povo Judeu acredita que casar na Lua Crescente é prenúncio de felicidade.

  • Categorias