Chuva de Arroz – GNT

Estréia hoje o programa Chuva de Arroz no GNT,o programa vai mostrar diversas maneiras de celebrar um casamento, histórias de casais do dia que se conheceram até o momento do “sim”.  A cada episódio o programa vai mostrar a trajetória de dois casais por esse mundo dos casamentos e acompanhar as ansiedades, sentimentos e expectativas.

Uma ótima novidade para nós que somos carentes de programas sobre esse tema na TV brasileira! O programa começa às 21 horas, não percam!! Abaixo o link do programa:

http://gnt.globo.com/chuva-de-arroz/index.shtml

Bolinha de Sabão

A tradição de jogar arroz nos noivos após a cerimônia é uma das mais antigas e bonitas. Ela é uma forma de desejar fartura, fertilidade e prosperidade ao casal. Hoje em dia, esta tradição ganhou alternativas mais modernas: a chuva de arroz de coração, um mimo super delicado; as pétalas de rosas, que tornam a saída da igreja ainda mais romântica; e as bolinhas de sabão!

As bolinhas de sabão são um sucesso!!! Cada vez mais são usadas em casamentos e grandes eventos. Enfeitam o ambiente e dão um efeito maravilhoso nas fotos. Além de ser um momento divertido e de interação entre os noivos e os convidados! Elas podem ser usadas na saída da cerimônia, na entrada no salão ou na primeira dança.

Geralmente as bolinhas são feitas de um líquido apropriado, que não deixa “pingos” no chão. Como elas estouram no não vão causar problema ou nem deixar o chão escorregadio.

As bolinhas são uma ótima opção para as igrejas que não permitem o uso de arroz e pétalas, por sujar muito e ser um transtorno para limpar, ainda mais se tiver outra cerimônia depois.

Para quem está pensando em aderir à ideia, olha que lindeza as fotos!!!

Tradições e superstições

Sabe aquelas de tradições e superstições de casamento que todo mundo segue, mas não entende bem qual o sentido real delas? Então, hoje vou explicar algumas para vocês!

Melhor mês para casar

No Brasil o mês mais tradicional é maio, o mês das noivas, mas isso foi a Igreja Católica instituiu. Maio é o mês da consagração da Virgem Maria.

No Japão a tradição é casar em Junho, mas Setembro vem sendo cada vez mais procurado pela primavera e pelo outono no hemisfério norte. Estações amenas são sempre bem vindas, além de proporcionar um cenário lindo!

 

Jogar arroz nos noivos

Essa tradição veio da China há mais de 2 mil anos e simboliza prosperidade.

 

Aliança

O termo aliança vem do hebraico e significa compromisso. O anel é um elo sem começo meio e fim por isso representa o amor eterno. Além disso, as duas alianças juntas formam um 8 o símbolo do infinito. No esoterismo acredita-se que quando você coloca  um anel no dedo de outra pessoa, aceita o outro como um tesouro exclusivo.

Vestido de noiva

Antes da rainha Vitória nenhuma noiva usava branco no casamento. Não tinha uma regra de cor, mas o vermelho era bastante popular por representar “sangue novo”. O branco como todo mundo sabe representa a pureza e a castidade. 

 

Buquê

Nasceu na Grécia como um amuleto contra mau-olhado, costumavam até colocar alho no arranjo.

 

Grinalda

Grinalda simboliza riqueza.

 

Véu

Em árabe véu significa o que separa duas coisas. Ou seja, simboliza o rompimento da vida de solteira para entrar na vida de casada e esposa.

Something old, something new
Something borrowed, something blue
And a silver sixpence in her shoe.

A frase vem de um poema e significa “Algo velho, algo novo, Algo emprestado, algo azul E um sixpence de prata em seu sapato.” Vamos aos por partes.

Something old

Quer dizer que, apesar de a noiva estar começando uma vida nova, os laços com sua família e seu passado não serão quebrados. Representa a tradição da família e os valores a serem passados para as próximas gerações. Pode ser uma jóia sua ou que foi da sua avó, mãe  etc.

Something new

Mostra a esperança em tudo que vem pela frente, para a nova vida.

Something borrowed

Deve ser alguma coisa emprestada de alguém que tem um casamento feliz para transmitir bons fluídos para o casamento. Acredita-se que a noiva vai ter tanta sorte no casamento e vai ser tão feliz quanto a pessoa que emprestou. Ele significa também que a noiva não pode esquecer que sempre pode contar com sua família e seus amigos.

Something blue

Alguns dizem que o costume de usar alguma coisa azul em um casamento vem desde a Roma antiga, quando as noivas usavam a cor pra representar amor, modéstia e fidelidade.  Outros dizem que é por causa do manto da Virgem Maria. Tem também o provérbio “marry in blue, love be true” – case-se de azul e seu amor será verdadeiro. Além disso, dizem que serve para anular a inveja das solteiras.

 Silver sixpence

 A sixpence é uma moeda em prata que foi cunhada na Grã-Bretanha 1551-1967. E representa riqueza e segurança financeira. Me parece que  o costume vem da Escócia, onde os noivos colocam uma moeda de prata no sapato pra garantir a boa sorte.

 

Noiva do lado esquerdo do noivo

Na Idade Média, a noiva passou a se posicionar do lado esquerdo do noivo porque se alguém tentasse roubar a donzela o noivo podia rapidamente sacar sua espada com o braço direito. Dizem que também representa afastar o risco da infidelidade.

 

O noivo não poder ver a noiva vestida antes do casamento
É uma tradição milenar praticada por quase todos os povos. Em alguns países árabes, o casamento (especialmente dos muçulmanos), ainda hoje é celebrado entre o pretendente e o pai da noiva (esta aguarda em outra sala). Somente depois de o casamento ser celebrado pelos homens, a noiva se encontra com o futuro marido. A tradição também ensina que o homem não deve tocar em nenhum pertence da noiva para não quebrar o encanto do matrimônio. Pode-se tocar apenas em objetos de vidro e ouro.

Noivo carregar a noiva no colo

Este costume é oriental. Acredita-se que os gênios ruins (que atacam apenas as mulheres) ficam a espera da noiva na porta do quarto nupcial. O marido protege a esposa carregando-a, para evitar que ela “pise” em algo ruim.

 

Lua-de-mel

O povo germânico costumavam realizar os casamentos na Lua Nova. Durante a cerimônia os noivos bebiam água com mel para dar boa sorte.

Em Roma os convidados pingavam gotas de mel na porta da casa dos noivos para desejar uma “vida doce”.

E o povo Judeu acredita que casar na Lua Crescente é prenúncio de felicidade.

  • Categorias