Contagem regressiva… 1 mês!

Hoje eu acordei com um friozinho na barriga… Faltam exatos 30 dias para o grande dia! Agora a ficha caiu, está realmente chegando! Ao mesmo tempo que fico na expectativa já fico também um pouco nostálgica! Vou sentir falta dessa vida de noiva, dessa profissão.

Isso mesmo, profissão! De um dia para outro você se vê a frente e responsável pelo evento mais importante da sua vida. Se vê mergulhada em contas, planilhas, e-mails, orçamentos e mais orçamentos! Se vê obrigada a aprender negociar, fechar contratos, fazer contas e estatísticas! Vira um pouco cerimonialista, organizadora, administradora, artesã e até meio mágica por fazer caber tantos sonhos, tantas expectativas dentro de um único lugar, dentro um orçamento, enxuto, na maioria das vezes!

Mas é uma delicia! Cada detalhe, por mais trabalhoso que seja, é deliciosamente imaginado. E é mais gostoso ainda vê tudo se materializando, sendo palpável! O convite, o vestido… cada coisinha que a gente idealiza! É o sonho deixando de ser sonho para se tornar realidade!

Estou muito feliz por ter tido a oportunidade de pensar cada cantinho, cada momento, cada mimo do meu casamento. Passa muito rápido, é um momento único e temos que aproveitar muito!

Por mais que a gente fique ansiosa, nervosa, temos a certeza de que vai dar tudo certo! Afinal quando fazemos algo com tanto amor o resultado só pode ser muito especial! 

Tradições e superstições

Sabe aquelas de tradições e superstições de casamento que todo mundo segue, mas não entende bem qual o sentido real delas? Então, hoje vou explicar algumas para vocês!

Melhor mês para casar

No Brasil o mês mais tradicional é maio, o mês das noivas, mas isso foi a Igreja Católica instituiu. Maio é o mês da consagração da Virgem Maria.

No Japão a tradição é casar em Junho, mas Setembro vem sendo cada vez mais procurado pela primavera e pelo outono no hemisfério norte. Estações amenas são sempre bem vindas, além de proporcionar um cenário lindo!

 

Jogar arroz nos noivos

Essa tradição veio da China há mais de 2 mil anos e simboliza prosperidade.

 

Aliança

O termo aliança vem do hebraico e significa compromisso. O anel é um elo sem começo meio e fim por isso representa o amor eterno. Além disso, as duas alianças juntas formam um 8 o símbolo do infinito. No esoterismo acredita-se que quando você coloca  um anel no dedo de outra pessoa, aceita o outro como um tesouro exclusivo.

Vestido de noiva

Antes da rainha Vitória nenhuma noiva usava branco no casamento. Não tinha uma regra de cor, mas o vermelho era bastante popular por representar “sangue novo”. O branco como todo mundo sabe representa a pureza e a castidade. 

 

Buquê

Nasceu na Grécia como um amuleto contra mau-olhado, costumavam até colocar alho no arranjo.

 

Grinalda

Grinalda simboliza riqueza.

 

Véu

Em árabe véu significa o que separa duas coisas. Ou seja, simboliza o rompimento da vida de solteira para entrar na vida de casada e esposa.

Something old, something new
Something borrowed, something blue
And a silver sixpence in her shoe.

A frase vem de um poema e significa “Algo velho, algo novo, Algo emprestado, algo azul E um sixpence de prata em seu sapato.” Vamos aos por partes.

Something old

Quer dizer que, apesar de a noiva estar começando uma vida nova, os laços com sua família e seu passado não serão quebrados. Representa a tradição da família e os valores a serem passados para as próximas gerações. Pode ser uma jóia sua ou que foi da sua avó, mãe  etc.

Something new

Mostra a esperança em tudo que vem pela frente, para a nova vida.

Something borrowed

Deve ser alguma coisa emprestada de alguém que tem um casamento feliz para transmitir bons fluídos para o casamento. Acredita-se que a noiva vai ter tanta sorte no casamento e vai ser tão feliz quanto a pessoa que emprestou. Ele significa também que a noiva não pode esquecer que sempre pode contar com sua família e seus amigos.

Something blue

Alguns dizem que o costume de usar alguma coisa azul em um casamento vem desde a Roma antiga, quando as noivas usavam a cor pra representar amor, modéstia e fidelidade.  Outros dizem que é por causa do manto da Virgem Maria. Tem também o provérbio “marry in blue, love be true” – case-se de azul e seu amor será verdadeiro. Além disso, dizem que serve para anular a inveja das solteiras.

 Silver sixpence

 A sixpence é uma moeda em prata que foi cunhada na Grã-Bretanha 1551-1967. E representa riqueza e segurança financeira. Me parece que  o costume vem da Escócia, onde os noivos colocam uma moeda de prata no sapato pra garantir a boa sorte.

 

Noiva do lado esquerdo do noivo

Na Idade Média, a noiva passou a se posicionar do lado esquerdo do noivo porque se alguém tentasse roubar a donzela o noivo podia rapidamente sacar sua espada com o braço direito. Dizem que também representa afastar o risco da infidelidade.

 

O noivo não poder ver a noiva vestida antes do casamento
É uma tradição milenar praticada por quase todos os povos. Em alguns países árabes, o casamento (especialmente dos muçulmanos), ainda hoje é celebrado entre o pretendente e o pai da noiva (esta aguarda em outra sala). Somente depois de o casamento ser celebrado pelos homens, a noiva se encontra com o futuro marido. A tradição também ensina que o homem não deve tocar em nenhum pertence da noiva para não quebrar o encanto do matrimônio. Pode-se tocar apenas em objetos de vidro e ouro.

Noivo carregar a noiva no colo

Este costume é oriental. Acredita-se que os gênios ruins (que atacam apenas as mulheres) ficam a espera da noiva na porta do quarto nupcial. O marido protege a esposa carregando-a, para evitar que ela “pise” em algo ruim.

 

Lua-de-mel

O povo germânico costumavam realizar os casamentos na Lua Nova. Durante a cerimônia os noivos bebiam água com mel para dar boa sorte.

Em Roma os convidados pingavam gotas de mel na porta da casa dos noivos para desejar uma “vida doce”.

E o povo Judeu acredita que casar na Lua Crescente é prenúncio de felicidade.

  • Categorias